Grupo Boticário

Métricas no Google Analytics

3 minute read

Trabalho realizado no time de E-commerce do Grupo Boticário.

Muitas vezes, o job description de um UX Designer contempla tarefas como desenhar interfaces, aplicar testes de usabilidade e trocar conhecimentos com desenvolvedores. De maneira mais ampla, eu entendo que dentro da disciplina de UX existem grupos de habilidades específicas que podem tornar o profissional mais adequado para um ou outro projeto. Dificilmente existirá um profissional de UX que seja especialista em todas as áreas de conhecimento.

Existem aqueles focados em Arquitetura da Informação, por exemplo, que são especialistas em organizar a estrutura de um conteúdo por meio de ferramentas como mapas mentais, inventário de conteúdo, fluxogramas e muitas outras. Outro profissional é o Designer de Interface: esse, domina softwares de design, como Axure e Photoshop e consegue traduzir em uma tela bonita e fácil de navegar aquilo que foi proposto pelo Arquiteto de Informação. Esses são exemplos – explicados de maneira bem superficial – de dois grupos de habilidades bem diferentes.

Aqui no Grupo Boticário, onde trabalho atualmente, acabo fazendo um pouco de tudo. É claro que acabo me aprofundando em uma ou outra área, por minha própria limitação e interesses. Afinal, como falei anteriormente, não acredito em um profissional que consiga ser generalista e especialista em tudo ao mesmo tempo – o temo UX Unicorn foi criado justamente para definir esse tipo de mito.

Para ajudar nas decisões relacionadas a ajustes de interface, me envolvi um pouco com o trabalho de Business Intelligence e passei alguns dias mergulhada no Google Analytics dos 4 sites com que trabalho: The Beauty Box, Eudora, Boticário e quem disse, berenice?.

O resultado dessa imersão em dados foi a criação de dashboards personalizados para cada uma das marcas. O primeiro tipo de dashboard, ilustrado principalmente com gráficos de pizza, tem como objetivo mostrar informações sobre os usuários do site: de onde acessam, quais páginas visitam, quais navegadores utilizam, etc. O segundo dashboard, mais denso, traz informações sobre quantidade de visitas, receita, taxa de abandono, tempo médio de navegação, e diversas outras informações que podem apontar problemas de desempenho, relacionados ou não à interface.

read more: